Skip To Content

Publicar camadas de feição hospedadas

Como publicador em sua organização, você pode hospedar dados de feição no ArcGIS Enterprise publicando camadas de feição hospedadas. O ArcGIS Enterprise suporta múltiplas fontes para permitir que você faça isto. Utilize qualquer um dos seguintes para publicar uma camada de feição hospedada:

As camadas de feição são úteis quando você precisa expor dados vetoriais para exibir, consultar e editar para outros membros de sua organização ou quando você desejar compartilhar uma tabela de atributos não espaciais. A hospedagem de uma camada de feição no ArcGIS Enterprise é uma forma para compartilhar dados com colegas de trabalho através de mapas, aplicativos e visualizadores de mapa do desktop.

As camadas de feição são mais apropriadas para camadas operacionais que ficam sobre as camadas de referência, como um mapa base. Por exemplo, uma camada de feição pode conter informações sobre os sinais de trânsito na sua vizinhança. Cada feição (sinal de trânsito) pode incluir o nome do sinal, data de instalação e uma URL do site da web para informar os problemas para o departamento de trânsito local.

Para completar as etapas nas seções seguintes, você deve ter privilégios para publicar camadas de feição hospedadas e criar conteúdo.

Publicar um arquivo CSV

Se você tiver arquivos CSV armazenados em seu computador que contenham endereços ou coordenadas, poderá entrar no portal e publicar feições ou tabelas a partir de arquivos CSV. A camada de feição resultante é publicada como um serviço no servidor de hospedagem do seu portal. Estes serviços são denominados de camadas de feição hospedadas.

As etapas abaixo explicam como publicar feições ou tabelas a partir do site da web do portal utilizando um arquivo CSV. As feição são publicadas no sistema de coordenadas WGS 1984 Web Mercator (Esfera Auxiliar).

Anotação:

Estes arquivos não impõem nomes de campos únicos, mas os nomes de campos nas camadas de feição hospedadas devem ser únicos. Portanto, verifique se todos os nomes de campo no seu arquivo são únicos antes da publicação.

As etapas seguintes explicam como adicionar um arquivo CSV de seu drive local e publicar.

  1. Verifique se você está registrado e que você tem privilégios para criar conteúdo e publicar camadas de feição hospedadas.
  2. Abra Conteúdo > Meu Conteúdo, clique em Novo item e clique em Seu dispositivo.
  3. Encontre o arquivo no seu dispositivo.
  4. Selecione o arquivo e clique em Abrir.
  5. Os arquivos CSV devem ser formatados e salvos como .csv.

  6. Escolha Adicionar CSV e criar uma camada de feição hospedada.
  7. Clique em Avançar.
  8. Revise os campos incluídos e faça as alterações necessárias.

    Se os tipos de campo puderem ser identificados, eles serão definidos automaticamente, mas você pode alterar os tipos de campo.

  9. Escolha um Fuso Horário para os campos de data no seu arquivo CSV.

    Por padrão, os campos de data são assumidos para conter data e hora UTC. Se os seus campos de data armazenarem os valores que utilizam um fuso horário diferente, escolha este fuso horário. Note que o fuso horário que você selecionar será aplicado para todos os campos de data no arquivo CSV. Se você substituir posteriormente a camada de feição hospedada utilizando dados atualizados, o fuso horário especificado quando você inicialmente publicou será utilizado.

    Consulte Arquivos CSV, TXT e GPX para informações sobre considerações de fuso horário e formatos de data e hora suportados.

    Dica:

    Você pode configurar pop-ups para exibir o tempo.

  10. Clique em Avançar.
  11. Escolha as informações em seu arquivo para utilizar para localizar feições.
    • Se o seu arquivo contém coordenadas, escolha se deseja usar coordenadas de Latitude e longitude, Military Grid Reference System (MGRS) ou United States National Grid.
    • Escolha Endereços ou nomes de lugares se o seu arquivo tiver nomes de lugares—por exemplo, Westminster Abbey ou Panama Canal—ou endereços.
    • Se você deseja criar uma camada de tabela não espacial, escolha Nenhuma
  12. Se você estiver localizando feições com base em Endereços ou nomes de lugares e sua organização tiver vários localizadores configurados, clique em Configurações de localização avançadas e escolha o localizador que deseja usar.
    Anotação:

    Seu portal deve ser configurado para utilizar um localizador (serviço do utilitário de geocódigo) que pode geocodificar em lote para você publicar um arquivo CSV contendo endereços. Entre em contato com o administrador da sua organização se a opção para publicar não estiver disponível ao adicionar seu arquivo.

  13. Se o seu arquivo contiver endereços, clique em Configurações de localização avançadas e use a lista suspensa Região para especificar o país em que os endereços estão localizados. Se o arquivo tiver endereços de vários países ou de um país não listado, selecioneMundo.

    Por padrão, o localizador adiciona um campo que armazena a localização da coordenada para cada feição. Você pode optar por incluir campos adicionais que fornecem informações relacionadas ao processo de geocodificação, como a proximidade das informações de localização em seu arquivo de entrada com uma localização no serviço do localizador.

  14. Escolha se seus campos de localização são baseados em um ou vários campos.
  15. Clique em Avançar.
  16. Digite um título.
  17. Escolha uma pasta em Meu Conteúdo onde você deseja salvar o item.
  18. Se o administrador da organização configurou categorias de conteúdo, clique em Atribuir categorias e selecione até 20 categorias para ajudar as pessoas a encontrar seu item.

    Você também pode começar digitando um nome de categoria para restringir a lista de categorias.

  19. Opcionalmente, digite os termos da tag separados por vírgulas.

    As tags são palavras ou pequenas frases que descrevem seu item e ajudam as pessoas a localizarem seu item quando procurados. Território federal é considerado uma tag, enquanto Federal, território é considerado duas tags.

  20. Opcionalmente, digite um resumo que descreva os dados.
  21. Clique em Salvar.

O arquivo de dados e a camada de feição são separadamente adicionados em Meu Conteúdo. Uma maneira de testar a nova camada de feição hospedada após concluir a publicação é visualizá-la em um visualizador de mapa.

Se você publicou um arquivo CSV contendo endereços ou lugares, você pode revisar e corrigir quaisquer registros que não foram posicionados no mapa ou foram posicionados incorretamente. Você pode revisar os endereços imediatamente no Map Viewer Classic ou optar por revisar os endereços mais tarde. Consulte Revisar locais para mais informações. No momento, você pode revisar somente os locais no Map Viewer Classic.

Por padrão, somente você e o administrador podem acessar a camada de feição hospedada. Para permitir que outros acessem a camada, compartilhe a camada e arquivo com todos (o público), sua organização ou membros de grupos específicos. Você pode editar detalhes do item e alterar configurações da camada de feição.

Se você deseja compartilhar a camada de feição hospedada como uma cópia em uma colaboração distribuída, você deverá habilitar a sincronização.

Esteja ciente que, por padrão, somente 2.000 registros são retornados de cada vez ao renderizar ou consultar uma camada de feição. Você pode atualizar este limite em camadas de feição hospedadas existentes a partir das propriedades do serviço no ArcGIS Server Manager. Conecte ao seu servidor de hospedagem e configure a propriedade Número Máximo de Registros Retornados pelo Servidor para o valor desejado para cada serviço.

Publicar um arquivo do Excel

Você pode transferir um arquivo do Excel (.xlsx ou .xls) no portal e publicar uma camada hospedada a partir de uma das planilhas. Se a planilha tiver informações de longitude e latitude, nomes de locais ou endereços, você poderá publicar uma camada de feição hospedada a partir de uma planilha. As feições são publicadas no sistema de coordenadas WGS 1984 Web Mercator (Esfera Auxiliar). Se nenhuma informação espacial estiver presente na planilha, você pode publicar uma camada da tabela.

Anotação:

Estes arquivos não impõem nomes de campos únicos, mas os nomes de campos nas camadas de feição hospedadas devem ser únicos. Portanto, verifique se todos os nomes de campo no seu arquivo são únicos antes da publicação.

As seguintes etapas explicam como adicionar um arquivo do Excel a partir do seu drive local e publicar.

  1. Verifique se você está registrado e que você tem privilégios para criar conteúdo e publicar camadas de feição hospedadas.
  2. Abra Conteúdo > Meu Conteúdo, clique em Novo item e clique em Seu dispositivo.
  3. Encontre o arquivo no seu dispositivo.
  4. Selecione o arquivo e clique em Abrir.
  5. Escolha Adicionar documento do Microsoft Excel e criar uma camada de feição hospedada.
  6. Se o seu arquivo tiver múltiplas planilhas, escolha o que deseja publicar a partir da lista suspensa Publicar esta planilha.

    Por padrão, a primeira folha na planilha é publicada.

  7. Clique em Avançar
  8. Revise os campos incluídos e faça as alterações necessárias.

    Se os tipos de campo puderem ser identificados, eles serão definidos automaticamente, mas você pode alterar os tipos de campo.

  9. Escolha um Fuso Horário para os campos de data no seu arquivo.

    Por padrão, os campos de data são assumidos para conter data e hora UTC. Se os seus campos de data armazenarem os valores que utilizam um fuso horário diferente, escolha este fuso horário. Note que o fuso horário que você selecionar será aplicado para todos os campos de data no arquivo. Se você substituir posteriormente a camada de feição hospedada utilizando dados atualizados, o fuso horário especificado quando você inicialmente publicou será utilizado.

    Dica:

    Você pode configurar pop-ups para exibir o tempo.

  10. Escolha as informações em seu arquivo para utilizar para localizar feições.
    • Se o seu arquivo contém coordenadas, escolha se deseja usar coordenadas de Latitude e longitude, Military Grid Reference System (MGRS) ou United States National Grid.
    • Escolha Nomes de lugares ou endereço se o seu arquivo tiver nomes de lugares—por exemplo, Westminster Abbey ou Panama Canal—ou endereços.
    • Se você deseja criar uma camada de tabela não espacial, escolha Nenhuma
  11. Se você estiver localizando feições com base em Endereços ou nomes de lugares e sua organização tiver vários localizadores configurados, clique em Configurações de localização avançadas e escolha o localizador que deseja usar.
    Anotação:

    Seu portal deve ser configurado para utilizar um localizador (serviço do utilitário de geocódigo) que possa geocodificar em lote para você publicar um arquivo do Excel contendo endereços. Entre em contato com o administrador da sua organização se a opção para publicar não estiver disponível ao adicionar seu arquivo.

  12. Se o seu arquivo contiver endereços, clique em Configurações de localização avançadas e use a lista suspensa Região para especificar o país em que os endereços estão localizados. Se o arquivo tiver endereços de vários países ou de um país não listado, selecioneMundo.
  13. Escolha se seus campos de localização são baseados em um ou vários campos.
  14. Revise os campos de localização (se qualquer existir). Se o portal puder identificar quais campos contém informações de localização, ele irá configurá-los automaticamente. Entretanto, você pode alterar os campos se necessário, clicando dentro da célula.
  15. Clique em Avançar.
  16. Digite um título.
  17. Escolha uma pasta em Meu Conteúdo onde você deseja salvar o item.
  18. Se o administrador da organização configurou categorias de conteúdo, clique em Atribuir categorias e selecione até 20 categorias para ajudar as pessoas a encontrar seu item. Você também pode começar digitando um nome de categoria para restringir a lista de categorias.
  19. Opcionalmente, digite os termos da tag separados por vírgulas.

    As tags são palavras ou pequenas frases que descrevem seu item e ajudam as pessoas a localizarem seu item quando procurados. Território federal é considerado uma tag, enquanto Federal, território é considerado duas tags.

  20. Opcionalmente, digite um resumo que descreva os dados.
  21. Clique em Salvar.

O arquivo de dados e a camada de feição são separadamente adicionados em Meu Conteúdo. Uma maneira de testar a nova camada de feição hospedada após concluir a publicação é visualizá-la em um visualizador de mapa.

Se você publicou um arquivo do Excel contendo endereços ou lugares, você poderá revisar e corrigir quaisquer registros que não foram posicionados no mapa ou foram posicionados incorretamente. Você pode revisar a camada imediatamente no Map Viewer Classic ou optar por revisar os endereços mais tarde. Consulte Revisar locais para mais informações. No momento, você pode revisar somente os locais no Map Viewer Classic.

Por padrão, somente você e o administrador podem acessar a camada de feição hospedada. Para permitir que outros acessem a camada, compartilhe a camada e arquivo com todos (o público), sua organização ou membros de grupos específicos. Você pode editar detalhes do item e alterar configurações da camada de feição.

Se você deseja compartilhar a camada de feição hospedada como uma cópia em uma colaboração distribuída, você deverá habilitar a sincronização.

Publicar um shapefile

Para habilitar camadas de feições para web a partir de shapefiles (empacotados em um arquivo .zip), adicione o arquivo .zip ao seu portal e publique. A camada de feição resultante é publicada como um serviço no servidor de hospedagem do seu portal. Estes serviços são denominados de camadas de feição hospedadas.

As seguintes etapas explicam como publicar feições ou tabelas a partir do site da web do portal utilizando um shapefile As feições são publicadas no sistema de coordenadas WGS 1984 Web Mercator (Esfera Auxiliar).

  1. Verifique se você está registrado e que você tem privilégios para criar conteúdo e publicar camadas de feição hospedadas.
  2. Abra Conteúdo > Meu Conteúdo, clique em Novo item e clique em Seu dispositivo.
  3. Encontre o arquivo no seu dispositivo.
  4. Selecione o arquivo e clique em Abrir.
  5. Shapefiles devem ser compactados como um arquivo .zip contendo .shp, .shx, .dbf, e arquivos .prj.

    Se houver múltiplos shapefiles no arquivo .zip, todos serão incluídos na camada de feição.

  6. Quando você adicionar um arquivo .zip, você deve especificar o tipo de conteúdo no arquivo. Escolha o formato dos dados no menu suspenso Tipo de item.

    Você não pode carregar o arquivo se o tipo de conteúdo errado for especificado.

  7. Escolha Adicionar e criar uma camada de feição hospedada.
  8. Clique em Avançar.
  9. Digite um título.
  10. Escolha uma pasta em Meu Conteúdo onde você deseja salvar o item.
  11. Se o administrador da organização configurou categorias de conteúdo, clique em Atribuir categorias e selecione até 20 categorias para ajudar as pessoas a encontrar seu item. Você também pode começar digitando um nome de categoria para restringir a lista de categorias.
  12. Opcionalmente, digite os termos da tag separados por vírgulas.

    As tags são palavras ou pequenas frases que descrevem seu item e ajudam as pessoas a localizarem seu item quando procurados. Território federal é considerado uma tag, enquanto Federal, território é considerado duas tags.

  13. Opcionalmente, digite um resumo que descreva os dados.
  14. Clique em Salvar.

O arquivo de dados e a camada de feição são separadamente adicionados em Meu Conteúdo. Uma maneira de testar a nova camada de feição hospedada após concluir a publicação é visualizá-la em um visualizador de mapa.

Se você publicou um shapefile ou shapefiles que continham metadados, estes metadados serão incluídos nas camadas da camada de feição hospedada. Quando visualizados na página de item da camada de feição hospedada, os metadados são exibidos no estilo de metadados configurado para o portal.

Por padrão, somente você e o administrador podem acessar a camada de feição hospedada. Para permitir que outros acessem a camada, compartilhe a camada e arquivo com todos (o público), sua organização ou membros de grupos específicos. Você pode editar detalhes do item e alterar configurações da camada de feição.

Se você deseja compartilhar a camada de feição hospedada como uma cópia em uma colaboração distribuída, você deverá habilitar a sincronização.

Esteja ciente que, por padrão, somente 2.000 registros são retornados de cada vez ao renderizar ou consultar uma camada de feição. Você pode atualizar este limite em camadas de feição hospedadas existentes a partir das propriedades do serviço no ArcGIS Server Manager. Conecte ao seu servidor de hospedagem e configure a propriedade Número Máximo de Registros Retornados pelo Servidor para o valor desejado para cada serviço.

Publicar um arquivo GeoJSON

Para habilitar camadas de feições na web a partir de um arquivo GeoJSON (.geojson ou .json), adicione o arquivo ao seu portal e publique. A camada de feição resultante é publicada como um serviço no servidor de hospedagem do seu portal. Estes serviços são denominados de camadas de feição hospedadas.

Para publicar, o arquivo GeoJSON deve ser menor que 100 MB.

As seguintes etapas explicam como publicar feições ou tabelas a partir do site da web do portal utilizando um shapefile ou arquivo GeoJSON. As feições são publicadas no sistema de coordenadas WGS 1984 Web Mercator (Esfera Auxiliar).

  1. Verifique se você está registrado e que você tem privilégios para criar conteúdo e publicar camadas de feição hospedadas.
  2. Abra Conteúdo > Meu Conteúdo, clique em Novo item e clique em Seu dispositivo.
  3. Encontre o arquivo no seu dispositivo.
  4. Selecione o arquivo e clique em Abrir.
  5. Escolha Adicionar e criar uma camada de feição hospedada.
  6. Clique em Avançar.
  7. Digite um título.
  8. Escolha uma pasta em Meu Conteúdo onde você deseja salvar o item.
  9. Se o administrador da organização configurou categorias de conteúdo, clique em Atribuir categorias e selecione até 20 categorias para ajudar as pessoas a encontrar seu item. Você também pode começar digitando um nome de categoria para restringir a lista de categorias.
  10. Opcionalmente, digite os termos da tag separados por vírgulas.

    As tags são palavras ou pequenas frases que descrevem seu item e ajudam as pessoas a localizarem seu item quando procurados. Território federal é considerado uma tag, enquanto Federal, território é considerado duas tags.

  11. Opcionalmente, digite um resumo que descreva os dados.
  12. Clique em Salvar.

O arquivo de dados e a camada de feição são separadamente adicionados em Meu Conteúdo. Uma maneira de testar a nova camada de feição hospedada após concluir a publicação é visualizá-la em um visualizador de mapa.

Por padrão, somente você e o administrador podem acessar a camada de feição hospedada. Para permitir que outros acessem a camada, compartilhe a camada e arquivo com todos (o público), sua organização ou membros de grupos específicos. Você pode editar detalhes do item e alterar configurações da camada de feição.

Se você deseja compartilhar a camada de feição hospedada como uma cópia em uma colaboração distribuída, você deverá habilitar a sincronização.

Esteja ciente que, por padrão, somente 2.000 registros são retornados de cada vez ao renderizar ou consultar uma camada de feição. Você pode atualizar este limite em camadas de feição hospedadas existentes a partir das propriedades do serviço no ArcGIS Server Manager. Conecte ao seu servidor de hospedagem e configure a propriedade Número Máximo de Registros Retornados pelo Servidor para o valor desejado para cada serviço.

Publicar uma coleção de feição

Se os seus dados precisarem ser editados por múltiplos usuários, você poderá publicar sua coleção de feição; como uma camada de feição hospedada, compartilhar a camada, habilitar a edição nela e utilizar a camada de feição no seu mapa.

Anotação:

Se você alterar a simbologia para pontos individuais na coleção de feição, esta alteração de simbologia não será preservada ao publicar a coleção de feição como uma camada de feição hospedada.

  1. Abra os detalhes de item da coleção de feição que deseja publicar como uma camada de feição hospedada.
  2. Clique em Publicar.
  3. Utilize o título padrão da camada de feição hospedada ou digite um novo.
  4. Se o administrador da organização configurou categorias de conteúdo, clique em Atribuir Categoria e selecione até 20 categorias para ajudar as pessoas a encontrar seu item. Você também pode utilizar a caixa Filtrar categorias para reduzir a lista de categorias.
  5. Opcionalmente, digite os termos da tag separados por vírgulas.

    As tags são palavras ou pequenas frases que descrevem seu item e ajudam as pessoas a localizarem seu item quando pesquisados. edifícios públicos é considerada uma tag, enquanto público,edifícios é considerado duas tags.

  6. Clique em Publicar para criar a camada de feição hospedada.

Uma camada de feição hospedada é criada e adicionada ao seu conteúdo.

Agora você pode compartilhar a camada hospedada, habilitar a edição e adicionar a camada de feição no seu mapa.

Publicar o conteúdo de um arquivo geodatabase

Você pode entrar no site da web do portal e publicar uma camada de feição a partir de um arquivo geodatabase (pacote em um arquivo .zip) que você armazenou no seu computador. A camada de feição resultante é publicada como um serviço no servidor de hospedagem do seu portal. Este serviço é denominado de camada de feição hospedada.

A publicação de conteúdo do arquivo geodatabase é um fluxo de trabalho útil se o geodatabase tiver somente alguns conjuntos de dados.

Você pode publicar os seguintes tipos de dados de um arquivo geodatabase para uma camada de feição hospedada:

  • Classes de feição (coordenadas x e y; coordenadas z e m são excluídas)
  • Tabelas
  • Anexos
  • Classes de relacionamento

As feições são publicadas no sistema de coordenadas WGS 1984 Web Mercator (Esfera Auxiliar).

Outros tipos de dados—tais como rasters, redes, e estruturas de lotes—permanecem no geodatabase, mas não são incluídos na camada de feição hospedada publicada.

Siga estas etapas para adicionar um arquivo geodatabase no seu portal e publicar seu conteúdo como uma camada de feição hospedada.

  1. Verifique se você está registrado e que você tem privilégios para criar conteúdo e publicar camadas de feição hospedadas.
  2. Abra Conteúdo > Meu Conteúdo, clique em Novo item e clique em Seu dispositivo.
  3. Encontre o arquivo no seu dispositivo.

    O arquivo geodatabase deve estar em um arquivo .zip.

  4. Selecione o arquivo e clique em Abrir.
  5. Quando você adicionar um arquivo .zip, você deve especificar o tipo de conteúdo no arquivo. Escolha o formato dos dados no menu suspenso Tipo de item.

    Você não pode carregar o arquivo se o tipo de conteúdo errado for especificado.

  6. Escolha Adicionar e criar uma camada de feição hospedada.
  7. Clique em Avançar.
  8. Digite um título.
  9. Escolha uma pasta em Meu Conteúdo onde você deseja salvar o item.
  10. Se o administrador da organização configurou categorias de conteúdo, clique em Atribuir categorias e selecione até 20 categorias para ajudar as pessoas a encontrar seu item. Você também pode começar digitando um nome de categoria para restringir a lista de categorias.
  11. Opcionalmente, digite os termos da tag separados por vírgulas.

    As tags são palavras ou pequenas frases que descrevem seu item e ajudam as pessoas a localizarem seu item quando procurados. Território federal é considerado uma tag, enquanto Federal, território é considerado duas tags.

  12. Opcionalmente, digite um resumo que descreva os dados.
  13. Clique em Salvar.

Os dados suportados no seu arquivo geodatabase são publicados como uma camada de feição hospedada. Pode demorar para transferir e publicar o arquivo. Após a publicação finalizar, você pode testar a nova camada de feição visualizando ela no Map Viewer. As visualizações no arquivo geodatabase não são publicadas, mas permanecem no arquivo geodatabase.

Se as classes de feição no arquivo geodatabase tiverem metadados, estes metadados serão incluídos nas camadas da camada de feição hospedada. Para cada camada que tenha metadados, você pode visualizar os metadados a partir da página do item da camada de feição hospedada e os metadados são exibidos no estilo de metadados configurado para o portal.

Por padrão, somente você e o administrador podem acessar a camada de feição hospedada. Para permitir que outros acessem a camada, compartilhe a camada e arquivo com todos (o público), sua organização ou membros de grupos específicos. Você pode editar detalhes do item e alterar configurações da camada de feição.

Esteja ciente que, por padrão, somente 2.000 registros são retornados de cada vez ao renderizar ou consultar uma camada de feição. Você pode atualizar este limite em camadas de feição hospedadas existentes a partir das propriedades do serviço no ArcGIS Server Manager. Conecte ao seu servidor de hospedagem e configure a propriedade Número Máximo de Registros Retornados pelo Servidor para o valor desejado para cada serviço.

Publicar a partir do ArcGIS Pro

Quando você publica uma camada de feição no ArcGIS Enterprise a partir do ArcGIS Pro com a opção de copiar dados, uma camada de feição hospedada é criada, dados de feição são copiados da sua fonte para o ArcGIS Enterprise e a camada de feição hospedada faz referência aos dados que foram copiados, não a fonte de dados.

As instruções para publicar uma camada de feição hospedada a partir do ArcGIS Pro estão disponíveis na ajuda do ArcGIS Pro .

Anotação:

Se as camadas no mapa do ArcGIS Pro tiverem consultas de definição aplicadas a elas, o ArcGIS aplicará as consultas de definição à camada de feição hospedada publicada. Porém, todos os dados são copiados no ArcGIS Enterprise. Se você deseja publicar um subconjunto de dados, você deverá exportar o subconjunto para outra classe de feição e publicá-lo.

Criar a partir de um modelo ou camada de feição existente

Para duplicar as propriedades da camada, permitindo que os membros da sua organização preencham a nova camada com novas feições, crie uma camada de feição hospedada a partir de uma camada ou modelo de feição existente.

Por exemplo, você pode ter uma camada de feição exibindo o perímetro de um incêndio existente. Quando ocorrer um novo incêndio, você poderá criar um novo serviço da feição a partir do serviço existente. Você pode então ocupar a nova camada com o limite e atributos do novo incêndio.

Alternativamente, você pode utilizar um modelo na categoria Construir uma camada para criar uma camada de feição hospedada vazia sem utilizar o esquema de uma camada existente. Neste cenário, você adiciona campos, define intervalos e listas de atributos, define modelos de feição e define outras configurações que você precisar após criar a camada de feição hospedada.

Siga estas etapas para criar uma camada de feição hospedada a partir de um modelo ou outra camada de feição.

  1. Verifique se você está registrado com uma conta que tenha privilégios para criar conteúdo e publicar camadas de feição hospedadas, e clique na guia Meu Conteúdo da página de conteúdo.
  2. Clique em Novo item e escolha Camada de feição.
  3. Escolha uma camada de feição existente que contenha camadas e esquema que você deseja aplicar na nova camada de feição.

    Esta etapa não adiciona ou copia quaisquer feições na sua nova camada de feição hospedada; você está apenas definindo as camadas e esquemas da nova camada de feição hospedada.

    Há várias abordagens que você pode utilizar:

    • Clique na guia Do Modelo, selecione uma das camadas de feição do modelo fornecidas pela Esri e clique em Criar.
    • Clique na guia Camada Existente para utilizar uma camada de feição hospedada da sua organização. Pesquise ou procure pela camada de feição existente que deseja utilizar, selecione-a e clique em Criar.
    • Clique na guia Da URL, digite a URL de uma camada de feição existente, e clique em Avançar.

    Não importa qual abordagem você utilizar, marque a caixa próxima a cada camada que deseja incluir na sua nova camada de feição. Você deve escolher pelo menos uma camada. Para renomear uma camada, clique-a e digite um novo nome.

    Clique em Capturar informações do receptor de GPS para adicionar campos de metadados do GPS para camadas de ponto e armazenar informações do GPS, tais como, nome do receptor, precisão e tipo de correção. Quando você edita a camada no ArcGIS Collector, metadados do GPS são registrados automaticamente. Para mais informações sobre metadados do GPS, consulte Preparar para coleta de dados de alta precisão na ajuda do ArcGIS Collector .

    Quando você finalizar a escolha das camadas, clique em Avançar.

  4. Defina a extensão padrão que deseja para sua nova camada de feição movendo e ampliando no mapa apresentado na caixa de diálogo Nova Camada de Feição Hospedada ou digite as coordenadas de latitude e longitude. Ao finalizar clique em Avançar.

    Esta etapa o ajuda a diminuir o escopo da camada quando for editada pela primeira vez.

  5. Digite um título, tags e resumo para a nova camada de feição hospedada.
  6. Se o administrador da organização configurou categorias de conteúdo, clique em Atribuir Categoria e selecione até 20 categorias para ajudar as pessoas a encontrar seu item. Você também pode utilizar a caixa Filtrar categorias para reduzir a lista de categorias.
  7. Escolha a pasta na qual armazenar a nova camada de feição hospedada. Clique em Concluir para publicar a nova camada.

    A página de detalhes do item da sua nova camada de feição hospedada aparece.

  8. Anotação:

    Por padrão, a edição, a sincronização e o rastreamento do editor estão ativados em sua nova camada de feição hospedada, tornando-a pronta para a coleta de dados. Se não desejar que outras pessoas a editem imediatamente, desative a edição desmarcando a caixa de seleção Habilitar edição na guia Configurações da página do item da camada de feição hospedada.