Skip To Content

FAQ

Listadas estão as perguntas mais frequentes sobreArcGIS Enterprise. Se você encontrar problemas ao trabalhar com ArcGIS Enterprise, consulte Correção de erros para soluções recomendadas.

Geral

Mapas

Cenas

Aplicativos

Conteúdo

Conteúdo apresentado da Esri

Compartilhamento

Administração

Geral

O que é ArcGIS Companion?

ArcGIS Companion é um aplicativo móvel nativo paraiOS e Android que fornece acesso para seu perfil, conteúdo e organização do ArcGIS. Utilize o aplicativo para procurar, navegar e gerenciar conteúdo do ArcGIS, membros e grupos, compartilhar e colaborar com outros. Com Companion, você escolhe onde deseja abrir os itens, tais como, mapas, cenas, aplicativos e camadas. Por exemplo, você pode abrir mapas da web no ArcGIS Explorer. Descubra o conteúdo mais popular e atualizado em sua organização e fica informado com as notícias da Esri mais recentes, blogs e tweets. Os administradores podem executar as tarefas comum, tais como, redefinir senhas do membro, habilitar e desativar membros, atualizar perfis dos usuários, adicionar membros no portal, atribuir grupos aos membros e alterar papéis.

O Companion está disponível para todos os membros das organizações e desenvolvedores do ArcGIS que fazem parte do Programa de Desenvolvedor ArcGIS. Está disponível em todos os idiomas que o site da web do portal suporta.

Para iniciar, instale ArcGIS Companion em seu dispositivo móvel a partir do seguinte:

O que é uma senha fraca no ArcGIS Enterprise ?

Uma senha é considerada fraca se for uma senha comumente utilizada, como password1 ou inclui caracteres repetitivos ou sequenciais—por exemplo, aaaabbbb ou 1234abcd. Senhas fracas podem não ser aceitas.

Quem pode usar colaborações?

Colaboração distribuída está disponível para todos desenvolvimentos ArcGIS Enterprise na versão 10.5 e posterior. No mínimo, sua organização deve ter um desenvolvimento de base do ArcGIS Enterprise para utilizar a colaboração.

Por que minha organização deve utilizar HTTPS somente?

A codificação de informações sensíveis é a principal razão para utilizar HTTPS. O HTTPS utiliza protocolos de codificação do Transport Layer Security (TLS) ou Secure Sockets Layer (SSL) que fornecem comunicação segura ao longo das redes. O ArcGIS usa TLS, que é um protocolo de criptografia mais recente e seguro do que SSL. Quando você envia informações pela Internet utilizando HTTPS em seu endereço de URL, somente o destinatário pretendido pode entender as informações. Esta codificação é importante, pois as informações que você envia na Internet são normalmente passadas por muitos computadores antes de chegar ao servidor de destino. Qualquer computador entre você e o servidor pode verificar as informações sensíveis como senhas, se as informações não estiverem codificadas com um certificado TLS ou SSL válido. Quando um certificado de TLS ou SSL válido é utilizado, as informações ficam ilegíveis para todos com exceção do servidor onde você está enviando as informações. Isto protege contra atividade maliciosa como roubo de identidade.

Por padrão, ArcGIS Enterprise força HTTPS para toda comunicação, entretanto você pode ajustar seus protocolos de segurança para ajustar as necessidades de sua organização pelas configurações de segurança. Também é recomendado habilitar o TLS em todos os seus serviços locais. Quando você adiciona camadas em mapas ou adiciona camadas como itens, é recomendado a você utilizar URLs de HTTPS. HTTPS ajuda a proteger seus dados e também mitiga os problemas de conteúdo misturado com navegadores. Muitos sites da web hoje podem ser acessados somente por HTTPS. HTTPS garantem que seus dados e toda outra comunicação entre seu navegador e o ArcGIS Enterprise sejam codificados.

Para mais informações sobre TLS, SSL, HTTPS e segurança de Internet, visite Trust ArcGIS. Esri criou o Trust Center como seu recurso para informações de segurança, privacidade, e coformidade do ArcGIS. O Trust Center fornece informações sobre segurança de produto, alertas de segurança, compatibilidade de segurança, melhores práticas de segurança para sua organização, e mais.

Como posso alterar o protocolo de URL da fonte de dados para meu serviço seguro com credenciais embutidas para HTTPS?

Se você possuir ou tiver privilégios para administrar serviços seguros com credenciais embutidas como uma camada de feição do ArcGIS Server ou um serviço de impressão ou de geocodificação, você pode substituir http com https como o protocolo de URL da fonte de dados na guia Configurações da página do item do item de serviço seguro. É recomendado que você torne todos os serviços acessíveis usando apenas HTTPS, que criptografa as informações no serviço quando são transmitidas por Internet. Para mais informações, consulte Por que minha organização deve utilizar somente HTTPS?

O que significa quando um modelo do ArcGIS Configurable Apps é rotulado como vencido?

Um modelo do Configurable Apps é movido para um estado de vencido quando um modelo comparável melhorado o substitui. Quando um modelo é movido para status de vencido, os aplicativos existentes que você criou com ele continuam funcionando e permanecem acessíveis aos usuários, e você ainda pode editar e atualizar seus aplicativos. Você também pode criar aplicativos com um modelo vencido doConfigurable Apps ; no entanto, isto não é recomendado, pois a Esri não adiciona novas feições ou corrige problemas em modelos vencidos. Por exemplo, modelos de aplicativo vencidos não são atualizados para suportar alterações no navegador ou alterações no ArcGIS que afetam a funcionalidade do aplicativo. No entanto, se você deseja criar um aplicativo com base em um modelos de aplicativo vencido, você poderá fazer isto clicando no botão Criar um Aplicativo da Web na sua página de item.

Quem pode editar as feições?

Qualquer pessoa, incluindo usuários anônimos e membros da atribuídos ao papel de Visualizador padrão, podem editar feições em uma camada de feição pública se a camada for editável. Para editar feições em camadas de feição editáveis que não são públicas, você deve ter um tipo de usuário que inclui a habilidade de editar feições (por exemplo, o tipo de usuário Editor) e ter os privilégios de edição de feição atribuídos. As edições da camada de feição incluem criar, atualizar ou excluir as feições, como também, criar, atualizar ou excluir as informações (valores de atributos) associados às feições.

Quando membros visualizam as informações de contato para o administrador da sua organização?

Você pode escolher administradores que serão listados como pontos de contato no seu portal. Se adicionado, os detalhes dos administradores especificados serão visíveis para todos os membros não administradores da organização na página Organização .

Mapas

Quais tipos de camadas eu posso adicionar no mapa?

Para a lista completa, consulte Quais camadas você pode adicionar?.

Qual é a diferença entre feições armazenadas no mapa e feições armazenadas na camada de serviço da feição do ArcGIS Server?

As feições armazenadas no mapa são criadas de uma camada de anotações do mapa ou de um arquivo e podem ser editadas somente pelo autor do mapa. As feição de camadas do serviço da feição do ArcGIS Server são de um serviço da web e podem ser editadas por usuários se permitido pelo proprietário do serviço.

Qual é a melhor maneira para adicionar feições no mapa?

Isto depende. Se você tiver grandes quantidades de dados, uma abordagem efetiva será feita para criar um serviço da feição e adicioná-lo como uma camada no seu mapa. Você também deverá adicionar camadas da feição se desejar que outros editem as feições e suas informações de atributo. Por padrão, as feições serão editáveis para qualquer pessoa visualizar seu mapa.

Se você somente desejar adicionar algumas feições, adicione uma camada de anotação de mapa com Map Viewer. O Map Viewer fornece vários modelos a partir dos quais você pode escolher formas e símbolos. Porém, não é prático adicionar grandes números de feições, já que você tem que criar cada uma dentro do Map Viewer—você não pode, por exemplo, carregar um arquivo de feições pré-definido. Estas camadas são prontas para uso, então outros usuários não podem alterar as feições ou editar informações de atributo relacionadas.

Se você tiver feições em um arquivo de texto delimitado (.txt ou .csv) ou arquivo GPS Exchange Format (.gpx), você poderá importá-las no seu mapa. É uma maneira conveniente para adicionar feições que você armazenou em um arquivo no computador. Após adicioná-las no mapa, é possível alterar os símbolos e configurar janelas pop-up.

Se o seu arquivo tiver muitas feições, você deverá posicioná-lo em um servidor da web e referenciá-lo por uma URL utilizando Adicionar Camada da Web, ao invés de importá-lo diretamente no mapa.

Como eu salvo uma camada de feição individual como um item?

Para salvar uma camada de feição individual a partir de uma camada de feição de múltiplas camadas, siga as etapas abaixo:

  1. Abra a página de item da camada de feição de múltiplas camadas e siga até a guia Visualização.
  2. Escolha a camada que você deseja salvar no menu suspenso Camada.
  3. Clique em Salvar como nova camada para salvar uma cópia da camada como um novo item em Meu Conteúdo.
  4. Digite um título, tags e um resumo, e opcionalmente, selecione uma pasta diferente para salvar a camada.
  5. Selecione para criar o novo item com Apenas a camada atual e clique em Salvar.

Como eu posso informar se o mapa estiver habilitado ao tempo?

Se você visualizar um seletor de tempo na parte inferior de um mapa, significa que este mapa inclui uma ou mais camadas temporais, sendo possível pressionar a tecla "reproduzir" no mapa para verificar como as informações mudam ao longo do tempo.

Qual é a diferença entre Salvar e Salvar Como?

Salvar atualiza um mapa existente de sua propriedade. Salvar Como cria uma cópia do mapa e você visualiza a janela Salvar Mapa original onde é possível atualizar o título, tags e outros. Você pode salvar uma cópia de qualquer mapa que não seja o proprietário; não é possível atualizar um mapa existente que não seja de sua propriedade.

Qual é a diferença entre construir um mapa com ArcGIS API e utilizar o Map Viewer para criar um mapa?

Você pode pensar no Map Viewer como uma tela na qual você pode facilmente misturar diferentes camadas que lhe interessam. Após criar um mapa, você pode compartilhá-lo com outros usuários do portal ou embutí-lo em aplicativos. Isto pode ser um aplicativo que você gravou utilizando o ArcGIS APIs ou se você tiver uma pequena experiência em programação, pode ser um aplicativo pré-configurado como os modelos de aplicativo da web do portal.

O ArcGIS APIs também pode ser utilizado para construir uma combinação a partir do zero sem começar no Map Viewer. Isto envolve mais código e gerenciamento de camada pelo desenvolvedor.

Como faço para que uma camada esteja disponível como um mapa base na galeria de mapa base da minha organização?

A galeria de mapa base no Map Viewer utiliza mapas base do ArcGIS Online por padrão, mas o administrador do seu portal pode configurar Map Viewer para utilizar um grupo diferente para preencher a galeria de mapa base. Se o seu portal utilizar uma galeria de mapa base personalizada, o administrador do portal permitirá que outras pessoas contribuam com conteúdo e você será um membro de um papel que tenha privilégios para criar e compartilhar conteúdo, você poderá criar um mapa base e adicioná-lo à galeria de mapa base. Para disponibilizar uma camada na galeria de mapa base personalizada, siga estas etapas:

  1. Entre em contato com o administrador do seu portal para confirmar que a galeria de mapa base utiliza um grupo personalizado que permite que seus membros contribuam com conteúdo. Se positivo, participe do grupo ou peça ao seu administrador para adicioná-lo.
  2. Entre na sua organização e abra o Map Viewer.
  3. Adicione a camada no seu mapa como um mapa base. Diversos tipos de camadas são suportadas. A camada deve ser compartilhada no grupo da galeria de mapa base e na sua organização.
  4. Salve o mapa. Forneça ao mapa um nome conciso que permita aos seus colegas membros do portal saberem seu conteúdo.
  5. Clique em Compartilhar e compartilhe o mapa com o grupo da galeria de mapa base e com sua organização.

Cenas

O que é uma cena?

Uma cena é uma representação 3D de uma coleção de camadas, estilos e configurações que permitem aos usuários compartilhar conteúdo geoespacial simbolizados com outros via Internet. Você pode criar cenas 3D através do ArcGIS Pro ou Scene Viewer em um portal doArcGIS Enterprise.

O que é Scene Viewer?

Scene Vieweré um aplicativo construído no portal do ArcGIS Enterprise para criar e interagir com cenas 3D. O Scene Viewer funciona em navegadores da web de desktop que suportam WebGL, um padrão de tecnologia da web embutido na maioria dos navegadores modernos para renderização de gráficos 3D.

Como eu abro uma cena?

Você pode visualizar cenas no portal Scene Viewer ou entre na sua organização e crie cenas. Você também pode abrir cenas no ArcGIS Pro.

Como eu crio uma cena?

Você pode fazer login em sua organização para criar uma cena em seu portal no Scene Viewer, ou você pode utilizar o ArcGIS Pro para criar e compartilhar uma cena.

Qual a diferença entre uma cena e um mapa?

Uma cena é semelhante a um mapa no qual são uma mistura das camadas de dados que você pode visualizar em um navegador. Também semelhantes aos mapas, as cenas podem ser usadas em aplicativos para fornecer ferramentas de usuários para interagir com as camadas da cena. As cenas são diferentes de mapas pois diferentemente de mapas, as cenas exibem dados em um ambiente 3D e permite navegação em qualquer direção e ângulo.

Qual é a diferença entre uma cena e uma camada de cena?

Uma camada de cena representa grandes dados geoespaciais em 3D que você pode estilizar para exibir feições fotorrealísticas. Você adiciona uma camada de cena às cenas para permitir que os usuários visualizem, analisem, meçam e consultem os objetos 3D na camada de cena.

Eu preciso do ArcGIS Pro para criar uma cena?

Você pode criar cenas ao misturar as camadas compartilhadas com sua organização utilizando Scene Viewer.

Como posso utilizar o Scene Viewer com meus dados 2D?

Você pode trazer seus dados 2D para um ambiente 3D e obter uma compreensão melhor dos dados. Por exemplo, você pode criar símbolos 3D a partir dos seus símbolos 2D ao aplicar um tamanho e altura. Você pode ampliar e reduzir, e rotacionar a superfície para visualizar os dados de diferentes ângulos. Você também pode adicionar elevação para sobreposição de camadas 2D de forma que você possa visualizar mais facilmente os dados em cada camada.

Qual é a diferença entre Scene Viewer e Visualizador da Web CityEngine?

Scene Viewer e Web Viewer do CityEngine são dois aplicativos diferentes disponíveis no ArcGIS Enterprise, com cada um tendo funcionalidade e propósito único.

No Scene Viewer, você pode fazer o seguinte:

  • Visualize cenas criadas a partir do Scene Viewer ou ArcGIS Pro. O Scene Viewer não suporta cenas da web CityEngine.
  • Criar cenas: por exemplo, você pode adicionar e remover camadas, modificar simbologia ou capturar slides.
  • Exibir uma coleção de camadas do portal, tais como camadas de cena, camadas de feição, camadas de imagem ou camadas de mosaico.
  • Visualizar cenas renderizadas na extensão mundial com mapas base em uma visualização do globo esférico (cena global) ou uma visualização plana (cena local).
  • Navegar nas cenas onde os dados estão sendo carregados e imagens gráficas renderizadas são executadas progressivamente.

No Visualizador da Web CityEnginevocê pode fazer o seguinte:

  • Exibir cenas da web estáticas do CityEngine (.3ws) exportadas do CityEngine ou ArcScene. O Visualizador da Web CityEngine não suporta cenas.
  • Visualizar cenas da web do CityEngine que são renderizadas em uma extensão local pequena com uma sistema de coordenadas Cartesianas.
  • Comentar e comparar cenários: por exemplo, você pode utilizar a ferramenta oscilar para visualizar as diferenças entre dois cenários.
  • O CityEngine Web Viewer carrega cenas da web do CityEngine como um download inicial na abertura e não carrega nenhum dado de fluxo posteriormente.
  • O CityEngine Web Viewer é uma ferramenta de visualização e não suporta criação, tais como, adicionar mapas base, alterar simbologia ou configurar camadas.

Posso compartilhar geometria 3D em camadas de feição?

Sim. Você pode compartilhar pontos, linhas e polígonos 3D.

Posso compartilhar meus modelos de terreno nas cenas?

Sim. Você pode compartilhar terrenos personalizados através do ArcGIS Server. Utilize ArcGIS Desktop 10.3 ou posterior para criar um serviço de imagem de elevação com cache e compartilhe o serviço através do ArcGIS Server. Você também pode utilizar ArcGIS Pro para construir um pacote de mosaico de seus dados de elevação para criar uma camada de elevação hospedada no ArcGIS Enterprise. Você pode então adicionar estas camadas e serviços de elevação na sua cena.

Aplicativos

Por que meu aplicativo de mapa histórico não exibe o aplicativo ou conteúdo da web que eu embuti nele?

Se seu portal for configurado para comunicar somente em HTTPS, os mapas históricos que você cria neste portal sempre serão acessados por HTTPS. Se você embutir um aplicativo ou conteúdo da web que é acessado via HTTP, a item embutido não será exibido em seu mapa histórico.

Quais aplicativos ArcGIS suportam mapas base de vetor na galeria de mapa base?

Os mapas base de vetor estão disponíveis no Map Viewer, Scene Viewer, ArcGIS Pro, ArcGIS Collector, ArcGIS Workforce, ArcGIS Explorer, ArcGIS Excalibur, ArcGIS Web AppBuilder, Ortho Maker, e ArcGIS Configurable Apps. Para determinar se os mapas base de vetor estão disponíveis em um aplicativo ArcGIS específico, consulte a documentação do aplicativo.

Para saber mais sobre mapas base de vetor e como se comparam aos mapas base de raster, consulte Camadas de mosaico.

Conteúdo

Qual tamanho de arquivo eu posso carregar?

Você pode carregar arquivos até 500 GB em Meu Conteúdo por um navegador da web.

Dica:

Para publicar pacotes de mosaico grandes, é recomendado que você utilize a ferramenta de geoprocessamento Compartilhar Pacote que pode aproveitar dos múltiplos núcleos de processamento.

O que eu posso compartilhar?

Você pode compartilhar tipos suportados de mapas, aplicativos, camadas, ferramentas e arquivos.

Eu posso compartilhar a URL do meu mapa ou aplicativo?

Sim. Itens do conteúdo, resultados da pesquisa e grupos podem ser acessados diretamente por uma URL.

O que ocorre se eu excluir o item de origem utilizado para publicar uma camada hospedada?

Se o item de origem utilizado para publicar uma camada hospedada for excluída, a camada continua a desenhar como esperado. Porém, certas funcionalidades que exigem acesso as dados fonte podem não funcionar como esperado. A funcionalidade específica pode variar de camada para camada. A funcionalidade impactada inclui o seguinte:

  • Se você excluir um arquivo da definição de serviço, a opção Substituir um serviço existente no ArcMap poderá não funcionar mais como esperado.
  • Se você excluir um shapefile de origem, arquivo geodatabase, arquivo CSV ou arquivo do Microsoft Excel do Conteúdo, a opção Substituir na página de item da camada de feição hospedada não está mais disponível.
  • Se você excluir um pacote de mosaico (.tpk ou .tpkx), a camada de mosaico hospedada publicada a partir dele poderá não ser mais utilizada offline.

Quando o item de origem usado para publicar uma camada hospedada é outra camada hospedada, a camada hospedada usada como o item de origem não pode ser excluída até que todas as camadas hospedadas publicadas a partir dela sejam excluídas.

Como posso atualizar os dados em minha camada de feição hospedada?

Se você habilitou a edição em uma camada de feição hospedada, você poderá editar as feições e sua visualização no Map Viewer. Se você salvar a camada em um mapa da web e utilizar o mapa em um aplicativo, você pode editar as feições em sua camada de feição hospedada pelo aplicativo.

Para atualizar os dados nas camadas de feição hospedadas publicadas a partir de um arquivo geodatabase, shapefile, GeoJSON ou arquivo Microsoft Excel contendo informações de latitude e longitude, substitua os dados por dados de um arquivo fonte atualizado utilizando a opção Substituir disponível na página do item da camada de feição hospedada.

Se você publicou a camada de feição hospedada do ArcMap ou ArcGIS Pro, substitua o serviço do mesmo mapa no mesmo aplicativo.

Qual é a diferença entre um mapa da web e um aplicativo da web dentro do contexto do site da web?

Um mapa da web é um conjunto de pop-ups e camadas informativas cobrindo uma determinada área geográfica. O mapa é intercambiável de forma que possa ser visualizado em um navegador, dispositivo móvel ou aplicativo de desktop. Você pode utilizar ferramentas de aplicativo específicas para alterar a extensão de mapa, encontrar lugares e visualizar dados detalhados sobre uma localização.

Você constrói um mapa da web definindo uma área de interesse, escolhendo um mapa base, adicionando camadas de dados e configurando janelas pop-ups. Você pode salvar os mapas e compartilhá-los com todos com grupos específicos que você participa.

O aplicativo da web é um site da web que combina mapas, dados e ferramentas para uma finalidade de uso como localizar locais de votação. Pode ser tão simples quanto uma imagem de mapa navegável embutida em um blog ou tão complexo quanto uma visualização de navegação do GPS.

Os aplicativos da web podem ser baseados em modelos (incluído com o portal) ou desenvolvidos de esboço utilizando o ArcGIS APIs. Ambos os tipos de aplicativos podem conectar mapas do ArcGIS. Em geral, os aplicativos são construídos a partir de informações em mapas, suplementados com personalizações e configurações específicas. Os aplicativos podem ser hospedados como uma parte do conteúdo no sistema ou serem independentemente gerenciados e registrados com o sistema.

Quando minha organização altera a galeria do mapa base, o que acontece com os mapas base em meus mapas e cenas?

Por padrão, seus mapas e cenas existentes continuam usando seus mapas base atuais. Para atualizar o mapa base, você deve abrir o mapa ou cena, escolher um novo mapa base e salvar o mapa ou cena.

Como eu posso controlar como as camadas de feição hospedadas são reprojetadas quando visualizadas em mapas base do ArcGIS Online?

Quando você adiciona camadas em aplicativos do ArcGIS como Map Viewer, Scene Viewer, ArcGIS Pro, e ArcMap, os aplicativos executam a reprojeção instantânea das camadas para que os dados se alinhem com o mapa base. O ArcGIS escolhe a transformação padrão adequada para a reprojeção instantânea com base no sistema de coordenadas do mapa base. Às vezes, a opção padrão não é tão exata quanto você precisa, o que pode fazer com que pareça que as feições se deslocam ligeiramente em uma direção. Ou a opção padrão pode não corresponder com a transformação que você utiliza como parte das melhores práticas do GIS para sua organização.

Quando você publica uma camada de feição hospedada do ArcMap ou ArcGIS Pro, e você sabe que as pessoas usarão a camada de feição hospedada em mapas que contêm mapas base do ArcGIS Online, você pode fazer uma das seguintes:

  • Opção 1: Preservar a projeção dos seus dados, mas definir uma transformação geográfica que seu portal possa utilizar quando executar reprojeções instantâneas da camada de feição hospedada.

    Com esta opção, os dados de origem e os dados da camada de feição hospedada permanecem na mesma projeção. Você define qual transformação geográfica deve ser utilizada quando a reprojeção instantânea for necessária.

    As seguintes etapas resumem como manter a projeção original dos seus dados e definir uma transformação geográfica para controlar como a camada é reprojetada quando visualizada em um mapa base do ArcGIS Online .

    1. No ArcMap ou ArcGIS Pro, abra o mapa que você deseja publicar como uma camada de feição hospedada.
    2. Abra as propriedades da estrutura de dados para o mapa e configure o sistema de coordenadas da estrutura de dados para corresponder ao sistema de coordenadas dos dados de origem no seu mapa e aplicar suas alterações.
    3. Defina uma transformação geográfica. Isto envolve a definir qual a transformação será projetada e a projeção utilizada para realizar a transformação. Escolha para projetar em WGS 1984.

    Quando você publica, a camada de feição hospedada armazena a transformação geográfica que você configurou e utiliza ao reprojetar a camada para visualizar em um mapa base do ArcGIS Online.

    Anotação:

    Se ArcGIS Enterprise não suportar a transformação que você definir para a camada, ele utilizará a transformação padrão ou falhará ao reprojetar. ArcGIS Enterprise suporta as transformações instaladas por padrão no ArcMap e ArcGIS Pro.

  • Opção 2: Configurar o mapa para que os dados da classe de feição sejam reprojetados para WGS 1984 Web Mercator (esfera auxiliar) quando for copiado no armazenamento de dados relacional.

    Com esta opção, os dados da camada de feição hospedada são armazenados no armazenamento de dados relacional no mesmo sistema de coordenadas dos mapas base do ArcGIS Online; portanto, nenhuma reprojeção instantânea é necessária quando visualizados nestes mapas base. Entretanto, isto significa que os dados da camada de feição hospedada e os dados na sua fonte de dados estão agora em projeções diferentes.

    As seguintes etapas resumem como configurar o mapa para que o processo de publicação reprojete os dados da camada de feição hospedada para que o mapa seja armazenado no WGS 1984 Web Mercator (esfera auxiliar):

    1. No ArcMap ou ArcGIS Pro, abra o mapa que você deseja publicar como uma camada de feição hospedada.
    2. Defina o sistema de coordenadas da estrutura de dados como WGS 1984 Web Mercator (esfera auxiliar). Esta é a projeção na qual os dados da camada de feição hospedada serão armazenados.
    3. Defina uma transformação geográfica. Escolha a projeção utilizada pelos dados de origem no seu mapa.

    Quando você publica, os dados copiados no armazenamento de dados relacional são armazenados em WGS 1984 Web Mercator (esfera auxiliar).

Quem pode criar camadas de cena e quais são os privilégios mínimos necessários para publicar camadas de cena?

Os membros do portal do ArcGIS Enterprise que publicam camadas de cena ou criam pacotes de camada de cena devem ter acesso ao ArcGIS Pro. Para utilizar o ArcGIS Pro, sua conta deve ser um tipo de usuário GIS Professional.

Se você for um membro do papel de Publicador padrão, sua conta terá os privilégios necessários para publicar camadas de cena hospedadas e camadas de feições associadas. Se o seu administrador deseja usar papéis personalizados para ter um controle mais refinado sobre os privilégios, os privilégios mínimos necessários no papel personalizado estão listados abaixo. Todos estão em privilégios de papel personalizados Geral > Conteúdo.

  • Criar, atualizar e excluir
  • Publicar camadas de cenas hospedadas
  • Publique camadas de feições hospedadas ou Publique camadas baseadas em servidor ou ambos os privilégios se os editores criarem ambos os tipos de camadas de feições associadas com suas camadas de cena.

Preciso do ArcGIS Pro para criar uma camada da cena?

Todas as camadas de cena começam no ArcGIS Pro. Você pode publicar uma camada de cena diretamente do ArcGIS Pro para o ArcGIS Enterprise, ou você pode criar um pacote de camada de cena (SLPK), enviá-lo para um portal do ArcGIS Enterprise e publicar. Se outra pessoa—como um contratado ou membro da equipe de outro departamento—fornecer a você um SLPK, você pode transferi-lo em sua organização do ArcGIS Enterprise e publicá-lo. Nesse cenário, a pessoa que cria o SLPK precisa de uma instalação do ArcGIS Pro, mas você não precisa do ArcGIS Pro para publicar a camada de cena do SLPK.

As camadas de cena podem ser compartilhadas por meio de uma colaboração?

Não

Conteúdo apresentado da Esri

O que é ArcGIS Living Atlas of the World?

ArcGIS Living Atlas of the Worldé uma coleção em evolução de informações geográficas globais, autoritárias, pronta para uso da Esri. Inclui imagens, mapas de base, dados do estilo de vida e demografias, paisagem, limites e lugares, transporte, observações da Terra, sistemas urbanos, oceanos e mapas históricos que podem ser combinados com seus próprios dados para criar mapas, cenas e aplicativos e executar análise.

Qual é o conteúdo do assinante?

O conteúdo de assinante é a coleção de serviços, ferramentas analíticas e camadas de mapa, pronta para uso, publicada pela Esrique exige uma conta de assinatura organizacional do ArcGIS Online para acessar. Isto inclui camadas da Esri, tais como, imagens NAIP, camadas de análise da paisagem e mapas históricos. O conteúdo do assinante não consome créditos do ArcGIS Online.

O que é conteúdo premium?

O conteúdo premium é um tipo de conteúdo do assinante no ArcGIS Online . É uma coleção de camadas de mapa, ferramentas analíticas, aplicativos e serviços, pronta para uso publicada pela Esri que você acessa por uma conta organizacional do ArcGIS Online e consome créditos quando utilizada. As camadas de conteúdo premium da Esri incluem mapas do estilo de vida e demografias, como também, ferramentas para geocodificação, geoenriquecimento, análise de rede e análise espacial.

Compartilhamento

Como eu forneço aos meus colegas minha permissão para modificar conteúdo que eu compartilho com eles?

Você pode permitir que outros na sua organização atualizem seus mapas, aplicativos, camadas, e arquivos, como também, seus detalhes de item, compartilhando os itens com um grupo de atualização compartilhado. Quando você compartilha itens em um grupo de atualização compartilhado, você permite aos membros do grupo atualizarem quaisquer itens compartilhados com o grupo. Isto inclui modificar detalhes do item ou atualizar seu conteúdo.

Permitir aos outros membros da sua organização atualizarem seu conteúdo compartilhado é útil em muitos cenários. Por exemplo, facilita para uma equipe de trabalhadores em turno compartilharem a responsabilidade de atualizarem um mapa da web importante—adicionando ou removendo camadas, alterando símbolos, atualizando a descrição do mapa e assim por diante. Outro cenário comum é uma equipe de editores obter a habilidade de editar uma camada de feição hospedada visível publicamente sem habilitar a edição na camada para todos.

Para permitir aos outros atualizarem seus itens compartilhados, faça o seguinte:

  1. Crie um grupo de atualizações compartilhado da seguinte maneira:
    1. Garanta que você tenha privilégios para criar grupos com recursos de atualização.
    2. Crie um grupo. Para a configuração Quais itens no grupo seus membros podem atualizar, selecione Todos os itens (a associação do grupo é limitada à organização).
      Anotação:

      Esta opção está disponível somente ao criar grupos e quando a associação ao grupo está aberta somente para aqueles que são convidados ou solicitados e aprovados para participar.

    3. Adicione você e os colegas com os quais você deseja colaborar no grupo.
      Anotação:

      Você pode convidar somente membros da sua organização que tenham privilégios para criar, atualizar e excluir conteúdo.

  2. Compartilhe seus itens com o grupo.

    Você continua sendo o proprietário dos itens, e outros membros do grupo podem atualizá-los, incluindo alterar os detalhes do item e atualizar o conteúdo.

Anotação:

Somente o proprietário (ou administrador) do item pode executar as seguintes ações no item (nem todas as ações se aplicam para todos os tipos de item): excluir, compartilhar, mover, alterar proprietário, alterar proteção de exclusão, publicar, registrar um aplicativo, substituir dados em camadas de feição hospedadas e gerenciar mosaicos em camadas de mosaico hospedadas.

Administração

Como posso limitar o acesso ao conteúdo para alguns membros da organização, como contratantes externos?

Para limitar o acesso ao conteúdo—por exemplo, conteúdo de natureza altamente sensível-para alguns membros da sua organização, você pode atribuir a eles um papel personalizado com os seguintes privilégios desativados:

  • Conteúdo: Visualizar o conteúdo compartilhado com a organização
  • Grupos: Visualizar grupos compartilhados com a organização

Os membros que não têm estes privilégios concedidos somente poderão visualizar o conteúdo compartilhado com grupos que eles pertencem, enquanto são restringidos de visualizar outro conteúdo da organização.

Para restringir determinados membros de visualizar uma lista de membros na organização e acessar a página Organização , desative os seguintes privilégios:

  • Membros: Visualizar

O que é uma relação de contraste?

Uma taxa de contraste é exibida quando você seleciona uma cor de fonte e plano de fundo para o banner de informação ou tema compartilhado da sua organização. A taxa de contraste é uma medida de legibilidade baseada em Padrões de acessibilidade WCAG 2.1; uma relação de contraste de 4.5 é recomendada para aderir a estes padrões.